Site especializado em análise de câmeras digitais
Pesquisa 

Cuidados Durante e ApÓs a Compra
B. C. Deiró              
Veja algumas dicas e cuidados a serem observados na compra e após a compra
da sua câmera digital para você se proteger e evitar futuras dores de cabeça.
 
  . Se possível, experimente a câmera antes de se decidir
Experimente a câmera antes da compra, sinta se ela tem uma pegada confortável, simule ajustes, observe o visor e a tela. Se a compra será feita por telefone ou pela Internet, procure alguma loja de rua que disponha do modelo de digital que você escolheu e vá conhecê-la. Em especial no caso das ultrafinas, seus comandos poderão ser um difícil desafio, e nada pior do que descobrir que seus dedos são grandes demais para operar tão minúscula espécime digital, depois de levá-la para casa.
 
  . O barato sai caro
Desconfie de lojas que vendem produtos por preço muito abaixo da faixa de mercado sem nota fiscal e com prazos de garantia que, reduzidos, mal passam de três meses! Faça as contas: é preferível você pagar um pouco mais pela câmera em vez de se arriscar a perder tudo o que entregou a um lojista duvidoso, caso ela apresente defeito.
 
  . Garantia de loja ou direto com o fabricante
Antes de assinar o cheque, confirme com o vendedor se a garantia da câmera é direto com o fabricante ou oferecida pelo lojista. Teoricamente, a garantia de fábrica é mais segura porque o risco do fabricante fechar as portas enquanto a câmera está na garantia é menor do que o da loja sumir do mapa. Assim, ao fazer a compra com garantia direto com a loja, certifique-se antes de que seja uma empresa idônea e bem estabelecida.
Por outro lado,  nem sempre estamos livres de dores de cabeça com a garantia de fábrica. Não raro vemos pessoas levarem meses para resolver pequenos perrengues com o fabricante, o que poderia ser solucionado rapidamente e sem burocracia por uma loja responsável e comprometida a prestar bom atendimento aos seus clientes.
Nossa sugestão é que você faça uma boa pesquisa sobre a loja e sobre o serviço de atendimento ao cliente do fabricante antes da compra. Poderá encontrar depoimentos a respeito de ambos no Google e conferir avaliações em sites especializados como o Reclame Aqui (www.reclameaqui.com.br).
Com esses cuidados minimizamos os riscos de nos depararmos com problemas inesperados depois da compra. Havendo interesse, você ainda poderá conseguir o telefone do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do fabricante e ligar para sondar sua disponibilidade e a qualidade do atendimento. Desta forma, terá uma idéia de como será o contato com eles, caso venha a necessitar.
 
  . Ao receber o produto
Tanto ao comprar na loja quanto ao receber o produto adquirido por telefone ou pela Internet, não aceite embalagens avariadas: elas deverão estar lacradas. Na loja você poderá abrir a embalagem com cuidado na frente do vendedor, observar se todos os itens estão no pacote e, inclusive, ligar e testar o funcionamento da máquina. Confira e guarde muito bem a nota fiscal e o termo de garantia.
No caso de compra fora da loja, ou seja, por telefone ou pela Internet, ao receber a encomenda, se você notar que a embalagem não é lacrada, não aceite e não assine nenhum recibo: a empresa terá de enviar outro produto.
 
  . Devolução e troca
De posse da nova câmera, tudo o que se deseja é abrir o pacote e se divertir, sem pensar em problemas, muito menos em “devolução” ou “troca”. Mesmo torcendo para que eles não aconteçam, sugerimos que você esteja preparado para eventuais contratempos. Para isso, o ideal é ao realizar a compra informar-se com o vendedor ou com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da loja sobre a política de devolução e troca em prática.
Muitos fornecedores fazem na própria loja a troca do produto por outro de mesmo modelo, caso o consumidor constate algum tipo de defeito nos primeiros dias ou horas após a compra. Confirme qual o prazo para esse tipo de troca. Se o lojista fizer promessas generosas, ótimo, mas elas deverão constar na nota fiscal. Teste a câmera dentro do prazo para troca direta e, qualquer problema, corra para a loja e traga outra em perfeito estado. Isso evita um transtorno maior: enviar a máquina recém-adquirida para a assistência técnica e aguardar sua reparação.
Algumas lojas exigem embalagem sem avaria do produto para fazer a devolução ou troca, portanto, nada de rasgar o pacote! E não rabisque o manual antes de estar certo que a câmera está perfeita.
É bom lembrar que por determinação do Procon (http://www.procon.sp.gov.br) produtos adquiridos fora da loja, ou seja, pela Internet ou por telefone, podem ser devolvidos no prazo de sete dias, caso o comprador tenha desistido da compra. Já ao adquirir o produto em loja física, o vendedor tem o direto de não aceitar a devolução por desistência. Assim, cuidado com as compras por impulso especialmente dentro de loja física: pesquise antes e só bata o martelo se estiver seguro quanto ao produto escolhido, preço e condições de pagamento, que é para não se arrepender depois.
Também é importante saber que dentro do prazo de garantia do produto, se este apresentar algum problema, mesmo que no último dia dentro deste prazo, conta-se, a partir da data em que o consumidor entregar o produto à assistência técnica, 30 dias para o fabricante resolver o defeito. Se ele não conseguir resolver - e for constatado que o problema não se justifica no mal uso do produto - o consumidor terá o direto à devolução.
 
Voltar
 
 
 
Todo o conteúdo deste website é de autoria e propriedade do Câmera versus Câmera e está protegido
pela lei dos direitos autorais. Sua reprodução é proibida e sujeita às penalidades da lei. Saiba mais...
Copyright  ©  2006 - 2016    Câmera versus Câmera    Todos os direitos reservados