Site especializado em análise de câmeras digitais
Pesquisa 

Videoclipes das CÂmeras Digitais
B. C. Deiró                  
As câmeras fotográficas da era digital são capazes até de filmar, mas nem todas conseguem nos encantar com suas produções cinematográficas. Ainda há as que nos remetem aos tempos do cinema mudo (gravam sem som) e mesmo entre as que esbanjam tecnologia nas configurações de seus vídeos, é comum presenciarmos filmes de qualidade duvidosa, com imagem granulada, som precário ou cenas que se desenrolam “aos soquinhos”. Assim, caso você seja exigente com o que assiste, nossa sugestão é que faça um clipe experimental, avalie o que ver e só então, se aprovar, comemore esta capacidade extra da sua digital.
Não se espera que câmeras fotográficas filmem como filmadoras, assim como filmadoras não se destacam na arte de fotografar, mas leia abaixo sobre certas especificações que muito colaboram nos resultados dos vídeos gravados pelas digitais, como seu tamanho ou o índice de fps, e sobre recursos especiais que figuram em algumas máquinas.
 
Copyright©  Câmera versus Câmera
Media Player, programa que reproduz vídeos MPEG, entre outros tipos de arquivos.
  . O que é "fps"
Trata-se do índice de "frames per second", ou número de frames/quadros por segundo que a câmera é capaz de gravar. Quanto maior o número de quadros, ou o fps, mais imperceptível aos olhos será a passagem das muitas "fotografias" que compõem o filme, e mais natural será sua fluência, na tela. Quanto menor esse índice, mais as cenas se desenrolam “aos solavancos”. Atualmente, o desejável é que os vídeos das digitais sejam gravados ao índice de 30 frames por segundo. Índices superiores são bem vindos, apesar da ferocidade com que devoram o espaço de armazenagem dos cartões.
  . Tamanho/Formato dos clipes
Também o tamanho do filme faz diferença no impacto sobre a platéia. Tamanhos anteriormente bem aceitos, como o VGA (640 x 480 pixels) que preenche satisfatoriamente a tela de monitores de até 15 polegadas, têm sido superados por tamanhos maiores em High Definition e no formato widescreen, como nas resoluções HD (1280 x 720 pixels) e Full HD (1920 x 1080 pixels). Algumas câmeras já se arriscam na resolução Ultra HD (UHD), conhecida como 4K. Mas muitas ainda mantém em seus cardápios clipes em baixa resoluções, como os de 320 x 240 pixels, úteis para o envio por e-mail. Quanto mais opções forem disponibilizadas, maior a flexibilidade no uso da câmera!
Copyright©  Câmera versus Câmera
Quick Time Player, programa da Apple para reprodução de vídeos.
  . Funções especiais: Time-Lapse, Intervalos predefinidos...
Presentes em algumas digitais, estas funções abrem espaço para a criatividade dos usuários. Uma das mais interessantes é o time-lapse, que grava frames por período e em intervalos normalmente selecionáveis. Suponha que você determinou o registro de um frame a cada 2 segundos durante 1 hora. Basta fixar a máquina sobre tripé e enquadrar o assunto, como o horizonte onde o se dará um belo pôr-do-sol. O resto é com a câmera, que se ocupará inclusive da compactação dos frames em clipes capazes de, em poucos minutos, revelar a fascinante transição de cores e luzes do anoitecer ou amanhecer, o encanto do desabrochar das flores, a curiosa movimentação das nuvens visualizada em ritmo acelerado, o frenético trânsito das avenidas, etc.
Outra função especial é a de intervalos predefinidos. Mais simples que a time-lapse mas bastante útil, ela também faz a digital disparar automaticamente em intervalos predefinidos. A diferença é que em vez de frames, produz fotos em qualquer resolução.
Voltar
 
 
 
Todo o conteúdo deste website é de autoria e propriedade do Câmera versus Câmera e está protegido
pela lei dos direitos autorais. Sua reprodução é proibida e sujeita às penalidades da lei. Saiba mais...
Copyright  ©  2006 - 2016    Câmera versus Câmera    Todos os direitos reservados