Site especializado em análise de câmeras digitais
Pesquisa 

Flash SincronizaÇÃo Lenta
B. C. Deiró                  
Também chamado Sincronia Lenta ou, em inglês, Slow Sync, este modo de flash evita que o plano de fundo fique escuro e sem detalhes quando a luz do flash não for suficiente para iluminá-lo. Porém, ele eleva muito o risco da foto sair tremida: é necessário que a câmera seja utilizada sobre tripé ou que o fotógrafo tenha a mão muito firme.
Ao fotografar objetos em movimento, o Sincronização Lenta permite obter efeitos curiosos: ele “congela” o assunto do primeiro plano, que fica portanto nítido, em contraste à sensação de movimento que imprime no plano de fundo, visivelmente borrado.
Dependendo do sistema do Sincronização empregado, o rastro criado pelo movimento pode vir seguindo o objeto principal, num efeito mais natural do que o produzido pelo outro sistema, em que o rastro vem na frente, como que se antecipando ao objeto. Neste último caso, o flash dispara para em seguida completar-se a exposição. É chamado “Cortina de Frente Sync” (também Front-Curtain Sync ou 1st Curtain). Ao contrário, no outro caso, o flash só dispara quando se completa a exposição. Trata-se do “Posterior Sync” (Rear-Sync ou 2nd Curtain).
Voltar
 
 
 
Todo o conteúdo deste website é de autoria e propriedade do Câmera versus Câmera e está protegido
pela lei dos direitos autorais. Sua reprodução é proibida e sujeita às penalidades da lei. Saiba mais...
Copyright  ©  2006 - 2016    Câmera versus Câmera    Todos os direitos reservados